Copa do Mundo 2022: A perseguição aos cristãos na Tunísia


Bola com a bandeira da Tunísia na marca de escanteio de um campo de futebol (Foto Montagem/FolhaGospel)
Bola com a bandeira da Tunísia na marca de escanteio de um campo de futebol (Foto Montagem/FolhaGospel)

Seguir a Jesus na Tunísia é um grande risco. O país que está na Copa do Mundo 2022 é conhecido pela perseguição severa aos cristãos. A maioria religiosa do país segue o islamismo e, apesar de oficialmente ser um país laico, na prática, os cristãos são discriminados e pressionados diariamente, por isso vivem a fé em segredo. O país vem discutindo uma nova Constituição para se tornar um Estado muçulmano.

Uma das estratégias de perseguição é submeter mulheres a casamentos forçados ou cárcere privado. Nas interpretações mais rígidas da sharia, conjunto de leis islâmicas, a mulher automaticamente assume a religião do marido, por isso quando obrigadas a casar com muçulmanos elas não podem ser reconhecidas como cristãs. A conversão da cristã Zara* foi descoberta pela família muçulmana, que a pressiona psicologicamente para abandonar a Jesus.

Algumas famílias optam por prender as mulheres cristãs na própria casa para evitar que elas participem dos cultos da igreja secreta e para que não tenham acesso às Escrituras. Já os homens cristãos enfrentam agressões físicas, ameaças de morte e são excluídos do convívio social. Eles podem perder o emprego, a família e até a própria casa quando a fé em Jesus é descoberta.

O cristão Femi* foi descoberto e expulso da comunidade onde vivia por crer em Jesus. Ele passou meses sem trabalho e sozinho, pois o contato com os cristãos secretos é desafiador e perigoso na Tunísia. Aqueles que deixam a fé no islã para seguir a Jesus enfrentam o dobro de risco e precisam de muito apoio em oração e encorajamento no Espírito Santo.

*Nomes alterados por segurança.

Ore durante a Copa

Conheça os principais desafios enfrentados por cada país onde cristãos são perseguidos na nossa tabela da Copa. Baixe a tabela e fortaleça a Igreja Perseguida em oração enquanto assiste aos jogos. 

Fonte: Portas Abertas



Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais