Deive Leonardo chora após ter canal do YouTube hackeado e excluído


Deive Leonardo chora por ter seu canal no YouTube hackeado
Deive Leonardo chora por ter seu canal no YouTube hackeado

O influenciador e pregador evangélico Deive Leonardo se emocionou ao falar sobre o seu canal do YouTube. Nessa segunda-feira (4) Deive tomou um susto ao abrir a plataforma e perceber que foi vítima de um hacker e sua conta foi excluída misteriosamente e sem aviso prévio.

O canal na plataforma possui mais de 7 milhões de seguidores, e é lá onde ele publica suas pregações na íntegra. A marca, inclusive, faz de Deive Leonardo um dos pregadores com mais inscritos no mundo todo.

“Hoje foi um dia difícil. Eu acordo todos os dias às 7h da manhã para ver o vídeo no canal e para ver de está tudo certo. Quando acordei não consegui abrir o canal. Foi desesperador. A gente já conseguiu o contato com o YouTube, e realmente o canal foi hackeado e não excluído. Estamos tomando todas as providências para que volte, em nome de Jesus. Em nome de Jesus vai voltar, mas a gente fica triste tem toda uma expectativa. Vai dá tudo certo. Eu só quero agradecer pelo amor e pelo carinho de todo mundo. Confesso para vocês, eu já chorei, já agradeci a Jesus pela quantidade de pessoas que têm sido transformadas e abençoadas. E isso é muito bom!”, contou emocionado.

Evangélico desde 2009, quando tinha 19 anos de idade, e membro da Igreja Reviver, em Itajaí SC, Deive é um dos youtubers com o maior canal de pregação individual do mundo, com mais de 372 milhões de visualizações.

Ele ainda revelou que, no domingo (03), houve indícios que alguém estaria tentando roubar o seu canal, isso porque ele fez uma live e a mesma foi derrubada.

Deive afirma que ele e sua equipe já estão tentando recuperar a conta, e pediu orações para que eles recuperem o canal.

Folha Gospel com informações de Fuxico Gospel e TV Jornal



Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais