Deus sempre responde a essa oração

Deus sempre responde a essa oração. Você está procurando uma fórmula secreta ou uma estratégia específica para ajudá-lo a obter o que deseja de Deus quando se trata de oração?

 

Você pode ter lido livro após livro prometendo revelar caminhos espirituais secretos. Sem dúvida, você ficava desapontado todas as vezes, pois mesmo as orações mais poderosas não funcionam dessa maneira.

 

O Pai Nosso, entregue por Jesus de Nazaré, é a oração que sempre recebe uma resposta de Deus. A chave está em uma única frase:

 

“… Como no céu, seja feita a tua vontade na terra.”

 

Não se trata do que queremos ou de como queremos fazer as coisas. Tudo se resume à vontade de Deus.

 

Não gostamos dessa parte. Queremos nosso caminho imediatamente. Nós nos comportamos como se fôssemos crianças mimadas tendo um acesso de raiva. Ficamos furiosos e acusamos Deus de ser desinteressado, severo ou que está nos deixando desamparados se ele não ceder rapidamente.

 

Nós nos tornamos tão egocêntricos que esperamos que Deus nos dê exatamente o que queremos cada vez que oramos. Também ignora uma das verdades espirituais mais importantes da vida: Deus, não nós, está no controle.

 

Então, de que adianta orar? Deus sempre responde.

 

Muitos indivíduos são céticos quanto à capacidade de Deus de atender às suas necessidades. Eles não confiam de coração em sua onisciência, poder e amor. Eles preferem não orar se não puderem fazer o que querem.

Mas tudo o que precisamos é dar uma olhada em nossos julgamentos estúpidos e desastres auto infligidos para reconhecer que nem sempre sabemos o que é melhor para nós mesmos. Apesar disso, continuamos a acreditar que temos a resposta. Essa mentalidade vira o script, tentando nos tornar Deus e Deus nosso servo.

 

Não gostamos da verdade.

 

Não se trata de estilo ou eloquência quando se trata de oração eficaz. Tudo se resume à mentalidade. Submissão é a atitude que Deus exige.

 

O conceito de ser subserviente não é atraente para a maioria de nós, visto que estamos acostumados a ser independentes e autossuficientes. Nós interpretamos isso como uma indicação de vulnerabilidade.

 

Ironicamente, reconhecer nossas deficiências e nos submetermos a Deus nos alinha com a força mais poderosa do universo. “Pois quando estou fraco então sou poderoso”, disse o apóstolo Paulo.

 

Quando o desejo de Deus para nós coincide com o nosso desejo, recebemos exatamente o que pedimos e ficamos satisfeitos com os resultados. Deus sempre responde.

 

Quando podemos aceitar tudo o que Deus nos envia, mesmo que não seja o que desejamos, passamos no verdadeiro teste. Em certas situações, demonstramos o tipo de obediência que ele valoriza, entregando nossa vontade à dele. Então, teremos dominado totalmente a arte de orar.

 

 

Confira nosso blog para mais matérias!

Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais