Eleições 2022: pesquisa mostra que Bolsonaro lidera entre evangélicos e Lula entre católicos


Bolsonaro e Lula (Foto: montagem)
Bolsonaro e Lula (Foto: montagem)

A pesquisa eleitoral, divulgada nesta terça-feira (2), pelo Instituto Paraná Pesquisas, mostra a intenção de voto e o potencial eleitoral dos candidatos à Presidência da República e indica como votará cada grupo religioso.

De acordo com a pesquisa eleitoral, Lula (PT) tem liderança isolada entre os católicos, grupo religioso que representa 50% dos brasileiros, segundo pesquisa Datafolha feita em 2020.

O presidente Jair Bolsonaro (PL), por sua vez, está na frente na intenção de voto dos evangélicos, religião de 31% dos brasileiros, segundo a mesma pesquisa.

A pesquisa eleitoral agrupou os eleitores de outras religiosidades com os que não possuem religião. Nessa parcela, Lula lidera com 46% de intenção de voto, enquanto Jair Bolsonaro apresenta 26%. Ciro Gomes (PDT), marca 10,8%.

A pesquisa

No geral, a Pesquisa divulgada pelo Instituto Paraná Pesquisas, divulgada nesta terça-feira (2/8), mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem 30,5% e Bolsonaro 26,9% das intenções de voto para as eleições de outubro, o que resulta num empate técnico por causa da margem de 2,2% de erro.

A porcentagem de quem não sabe/não respondeu (31,5%) é maior que a estimativa de Lula, primeiro colocado. O levantamento foi contratado pela BGC Liquidez Distribuidora de Títulos Mobiliários Ltda.

Para esta rodada, foram realizadas 2020 entrevistas pessoais, em 26 Estados e no Distrito Federal. A coleta de dados ocorreu entre os dias 28 de julho e 01 de agosto de 2022, sendo auditadas simultaneamente à sua realização, no mínimo, 20,0% das entrevistas.

Tal amostra representativa do Brasil atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de 2,2 pontos percentuais para os resultados gerais.

Datafolha: Voto evangélico e das mulheres

A última pesquisa da Datafolha, divulgada na quinta-feira, 28 de julho, mostrou que o Presidente Jair Bolsonaro ganhou terreno com as eleitoras, passando de 21% para 27%. Embora ele ainda esteja muito atrás de Luiz Inácio Lula da Silva, este é um sinal positivo para a campanha eleitoral de 2022 de Bolsonaro. Seus estrategistas o têm incitado a apelar para as mulheres eleitoras, e ele parece estar fazendo progressos.

Bolsonaro está liderando Lula no voto evangélico em 43% a 33%. Entretanto, Lula lidera Bolsonaro entre as mulheres católicas em 52% a 25%. A campanha de Bolsonaro tem insistido para que Michelle participe mais dos eventos eleitorais. Eles acreditam que as críticas de que ela é subserviente a seu marido são de mulheres eleitoras da esquerda que já estão fora de alcance para o presidente.

Datafolha: Jovens evangélicos

Em relação aos jovens evangélicos entre 16 e 29 anos, em 12 capitais do País a pesquisa Datafolha mostrou um empate técnico entre o Bolsonaro e Lula.

Bolsonaro tem 36% das intenções de voto e Lula 30%. A margem de erro é de três pontos porcentuais para cima ou para baixo, o que mostra o cenário equilibrado entre ambos.

Para o levantamento, foram ouvidos 935 jovens e adolescentes entre 16 e 29 anos em São Paulo, Rio, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Porto Alegre, Curitiba, Goiânia, Brasília, Manaus e Belém.

Folha Gospel com informações de TV Jornal e Terra Brasil



Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais