Igreja Universal diz que existe “preconceito doentio” contra Edir Macedo


Bispo Edir Macedo, líder e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus
Bispo Edir Macedo, líder e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus

O site da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) publicou um artigo em defesa do bispo Edir Macedo. O fundador da igreja está sendo criticado nas redes sociais por um pedido polêmico feito durante uma pregação em março de 2020.

No vídeo que circula na internet, Edir Macedo aparece ao lado da esposa e pede que os membros da Iurd doem os seus bens à igreja antes de morrer.

“Você, meu amigo, minha amiga, senhor, senhora, pessoas que tenham bens, propriedades, que tenham riquezas, preste atenção, se você quer fazer algo que agrade a Deus, que vá beneficiar outras pessoas, antes de você morrer, antes de você passar para a eternidade, deixe o que você tem para a igreja. Envolver, ou melhor, estimular ou avançar o trabalho de evangelização com essa missão de levar o Evangelho para outras criaturas. Tudo que supostamente é meu, não é meu, não tenho nada. Já está preparado para dar continuidade nesse trabalho de evangelização… Deus se agrada dessa oferta.”, disse o líder da IURD.

O artigo oficial da denominação afirma que o trecho da pregação foi tirado de contexto e “utilizado sem qualquer escrúpulo para atacar a Igreja Universal do Reino de Deus e seu líder espiritual”.

De acordo com o texto, o intuito de Macedo era estimular as pessoas a pensarem mais no próximo, e faz o pedido das doações após relatar as histórias de duas mulheres que estariam vivas graças ao trabalho da Universal.

Citando o exemplo do próprio líder religioso, o artigo relembra o fato de Edir Macedo não ter a intenção de deixar herança para seus filhos, “para que a Igreja siga com o trabalho evangelístico após sua morte”.

Leia a íntegra do artigo abaixo:

BISPO MACEDO PEDE QUE FIÉIS DOEM BENS ANTES DE MORRER? SAIBA TODA A VERDADE

Desde segunda-feira (25), as redes sociais e a Imprensa preconceituosa estão repercutindo o trecho de um vídeo do Bispo Edir Macedo, publicado fora do contexto e utilizado, sem qualquer escrúpulo, para atacar a Igreja Universal do Reino de Deus e seu líder espiritual.

No programa do qual foi extraído o pequeno fragmento que a mídia está explorando (assista, abaixo, a íntegra), o Bispo Macedo estimula as pessoas a pensarem mais no próximo, após apresentar as histórias reais de duas mulheres que afirmaram que estão vivas hoje graças ao trabalho da Universal.

A primeira, Ingrit Dutra que, inclusive, é jornalista, falava sobre sua luta contra a depressão e ideações suicidas, e como foi acolhida na Universal, onde, por meio da fé e da Palavra de Deus, superou sua condição.

Em seguida, Gleiciene Lopes também relatou como vivia drogada e dirigindo alcoolizada, e que, um dia, ouviu o Bispo Macedo no rádio e decidiu ir à Igreja, onde mudou sua vida.

Na sequência destes testemunhos, o Bispo Macedo enfatizou a importância de todo o trabalho de divulgação da Palavra de Deus na mídia, para ajudar pessoas como elas. Na época do vídeo 28 de março de 2020 , as igrejas estavam fechadas, e tudo que as pessoas tinham naquela altura eram as programações da Universal.

Dando o exemplo de si próprio, pois já é fato conhecido e publicamente declarado que o Bispo Macedo não tem a intenção de deixar herança para seus filhos, para que a Igreja siga com o trabalho evangelístico após sua morte, ele estimulou que, quem também tivesse essa fé, fizesse como muitos cristãos já fizeram desde os tempos bíblicos.

O Rei Davi deixou toda sua herança para a Casa de Deus (I Crônicas – 29: 2 ao 9); os cristãos primitivos contribuíam com seus bens para a divulgação do Evangelho; e o próprio Senhor Jesus disse que quem deixar bens para o desenvolvimento da Obra de Deus, será honrado por Ele (Marcos 10:29,30).

É claro que isso é uma questão pessoal e de fé. O magnata Bill Gates, fundador e presidente da empresa Microsoft, decidiu deixar sua fortuna para fins filantrópicos e estimula outros a fazerem o mesmo. Nunca foi criticado por isso.

Dízimos e ofertas são princípios Bíblicos praticados por todos os cristãos que creem na Bíblia. Além disso, são protegidos pela Constituição Federal e pela legislação brasileira, e são sempre totalmente voluntários e espontâneos.

O que esta celeuma com o trecho do vídeo do Bispo Macedo aponta, infelizmente, mais uma vez, é o preconceito doentio das pessoas com a Universal, seu líder espiritual e os cristãos em geral, que são criticados pela fé que têm. E também indica a impulsividade de muitos internautas que, sem checar os fatos, acreditam rapidamente em fake news, e as divulgam sem a menor consideração com a verdade.

E o pior de tudo isso, são os veículos de comunicação que não pensam duas vezes antes de replicar fake news, desde que falem mal da Universal. São eles: Veja, Brasil 247, Diário do Centro do Mundo, Revista Fórum, O Globo, UOL, Terra, Carta Capital, O Antagonista, Economia em Pauta, Expresso222, Portal Varada, SRzd, Alagoas Brasil Notícias, Folha Patoense, Paraíba Já, Já é Notícia, Tapajós Notícias, Diário SP, Istoé, RD1, MSN, Fuxico Gospel, Ecos da Notícia, Rádio Sanca Web, Loveamem, Área VIP, AM Post, MSKTV, Aratu On, Diário do Aço, BHAZ, Portal do Trono, Esperança Debate, Banda B, Gospel Mais, Top Mídia News, Jornal Extra, Estado de Minas, Ponto de Pauta, O São Gonçalo, Mídia Ninja, Nt Na Telinha, Ana Maria e O Povo.

Assista ao vídeo abaixo e veja, aos 50 minutos, quando o Bispo Macedo menciona o assunto:

https://www.facebook.com/BispoMacedo/videos/148700476469063/

Folha Gospel com informações de TV Jornal e Igreja Universal



Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais