Leonardo Gonçalves diz que perder seguidores por cantar em igreja gay é autodenúncia dos cristãos


Leonardo Gonçalves
Leonardo Gonçalves

O cantor gospel Leonardo Gonçalves estaria sofrendo cancelamento por parte dos evangélicos após se apresentar na igreja inclusiva Cidade Refúgio, em São Paulo, no último dia 17 de junho. A informação é do site Fuxico Gospel.

A denominação é liderada pela pastora Lanna Holder e sua companheira, a pastora Rosânia Rocha. A igreja é conhecida por ser uma das primeiras igrejas voltadas ao público LGBTQ+.

De acordo com o site Fuxico Gospel, o cantor estaria sofrendo ataques do público evangélico por ser esquerdista, defender pautas progressistas e que a apresentação do cantor na igreja gay teria feito com que ele perdesse mais de 100 mil seguidores no Instagram. Informação que o site já corrigiu, retirando números e passando a informar que o cantor perdeu “milhares de seguidores”.

Logo após a apresentação na igreja voltada para o público LGBTQIA+, Leonardo usou seu perfil no Twitter para falar sobre o assunto

“Aceito que você creia que seja, de fato, uma verdade inegociável. Não estou aqui nem pra discutir isso. Mas fica a pergunta: Você acha que DEUS/Jesus se importa com as incontáveis MORTES oriundas desses discursos? ou você acha que DEUS é indiferente a isso tudo? Que ele não está nem aí pra esses números (que são, na verdade, pessoas de carne e osso, criados à imagem e semelhança do próprio DEUS, como você e eu)? Sendo comprovadamente um discurso que produz morte e q não produz transformação de ninguém, qual o objetivo de reiterá-lo tão efusivamente? É só isso que eu queria entender”, disse o cantor.

Números reais

Após a publicação da matéria sobre a perda de seguidores, o jornalista e influenciador Sérgio Pavarini, através de uma ferramenta online, fez um levantamento sobre a quantidade de seguidores ganhos e perdidos pelo perfil do cantor Leonardo Gonçalves.

Pelo levantamento, verificou-se que a maior movimentação no perfil do cantor no Instagram foi no dia 20 de junho, três dias após a sua apresentação na igreja inclusiva.

Neste dia, ele perdeu 3.717 e ganhou 1.234 seguidores, resultando em 2.483 negativo. Considerando os últimos 30 dias, a perda total foi de 11.177 e não de 100 mil seguidores.

Após a publicação do levantamento feito por Sérgio Pavarini, o cantor Leonardo Gonçalves publicou na sua conta do Twitter, que perder seguidores por cantar na igreja gay “não de falta de cristianismo da minha parte, mas uma auto-denúncia do próprio povo cristão-evangélico contra si mesmo”.

Folha Gospel com informações de Fuxico Gospel e Twitter



Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais