Médico deixa carreira nos EUA para servir como missionário na África


O Dr. Allan Sawyer serve como médico missionário na Samaritan’s Purse. (Foto: Cortesia de Allan Sawyer/The Christian Post).
O Dr. Allan Sawyer serve como médico missionário na Samaritan’s Purse. (Foto: Cortesia de Allan Sawyer/The Christian Post).

O Dr. Allan Sawyer, dos Estados Unidos, escolheu cursar medicina depois de ouvir um testemunho de um médico que servia em viagens missionárias no exterior.

Allan a recém tinha entregado sua vida a Cristo e sentiu que Deus estava o chamando para servir como médico em lugares com acesso precário à saúde. Na época, o jovem cursava Engenharia Industrial na Universidade de Stanford.

“Eu ouvi o Senhor dizer: ‘Allan, se você mudar de curso, você pode fazer o que ele está fazendo!’”, contou Sawyer, ao The Christian Post.

“Saí da igreja e imediatamente mudei meu curso na semana seguinte para biologia, o que imediatamente pareceu a decisão certa. Foi tudo devido a esse testemunho e Deus falando através dele para mim!”.

Após se formar em Biologia, Allan foi para a Universidade Oral Roberts para cursar medicina e se especializou em ginecologia e obstetrícia. Logo, o cristão abriu sua própria clínica em Phoenix, no Arizona.

Em 2003, à convite de um colega que fazia missões, Allan fez sua primeira viagem missionária da Samaritan’s Purse, para Papua Nova Guiné.

“Vimos centenas de pessoas com todos os tipos de doenças. Eu sabia que havia encontrado uma organização onde eu poderia usar minhas habilidades para a glória de Deus de uma nova maneira”, disse ele.

Nos anos seguintes, o médico viajou para países da África para levar alívio e cuidados para pacientes em vulnerabilidade.

“Há simplesmente uma escassez de médicos treinados na África Subsaariana. Há muitos países onde há um cirurgião geral para cada 2,5 milhões de pessoas e um ginecologista para cada 4,5 milhões de pessoas. Além disso, a maioria dos hospitais de lá quer ser pago antecipadamente, então os pacientes morrerão nas escadas porque não podem pagar. Muitas vezes eles têm que viver com sua dor”, relatou Allan.

Sendo as mãos e os pés de Jesus

O médico passou a fazer viagens missionárias várias vezes ao ano e em 2017, decidiu vender sua clínica para servir em equipes de missões em tempo integral.

Desde lá, o Dr. Sawyer já viajou para Papua Nova Guiné, Quênia, Togo, Zâmbia, Camarões e Uganda.

“Muitas vezes estou lidando com pessoas que perderam toda a esperança. Nós lhes damos a esperança de Jesus. Ao dar um excelente atendimento médico, sendo as mãos e os pés de Jesus, aos pacientes que não podem pagar pelo atendimento, aos olhos deles, você ganhou o direito de compartilhar o Evangelho. É o ministério da medicina que abre a porta do Evangelho com esses pacientes”, testemunhou ele.

Quando perguntado o que o motiva seguir viajando com equipes missionárias em países distantes, Allan responde que é a satisfação em cumprir o propósito de Deus para sua vida.

“Acho que Deus me deu habilidades e aptidão para este trabalho, e quando vou servir em missões onde cuido de pessoas e o parto de seus bebês, sinto o prazer de Deus. Dar essa esperança às pessoas que a perderam e fazê-lo em nome de Jesus é um privilégio”, declarou.

Folha Gospel com informações de Guia-me e The Christian Post



Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais