Ministério planeja enviar 1 milhão de Bíblias para o Irã


Mãos postas sobre a Bíblia (Imagem de Free-Photos por Pixabay)
Mãos postas sobre a Bíblia (Imagem de Free-Photos por Pixabay)

Em meio ao cenário de grandes protestos contra o governo ditador do Irã, o diretor da Sociedade Bíblica Iraniana afirmou que “o cristianismo está crescendo a cada dia” entre os muçulmanos.

Nahid Sepehri também compartilhou sobre a maior necessidade dos cristãos novos convertidos: “Todos os dias, as pessoas estão vindo a Cristo. E quando eles se convertem, precisam de uma Bíblia. É a principal carência deles”.

Segundo Nahid, é a Bíblia que vai mostrar a esses cristãos novos na fé “no que acreditar, como crescer espiritualmente e o que devem fazer”. Diante dessa preocupação, a Sociedade Bíblica planeja enviar 1 milhão de Bíblias aos cristãos iranianos entre 2023 e 2036.

Só neste ano, a organização já imprimiu 300 mil exemplares. Nahid disse que muitos estão colaborando para que esse projeto aconteça.

“Acreditamos no trabalho em conjunto, podemos estender as mãos, uns para os outros”, disse ao se referir às organizações, pessoas e igrejas envolvidas na realização deste projeto.

“Mesmo um centavo é contado. E isso nos faz lembrar daquela mulher que foi ao templo e colocou duas moedinhas ali. Jesus disse que ela havia ofertado mais do que todos os outros”, lembrou sobre a contribuição da viúva pobre, mencionada em Lucas 21.2.

Nahid pediu orações a todos para que a Igreja no Irã seja fortalecida, continue crescendo e para que as Bíblias possam entrar no país. “Que Deus feche os olhos das pessoas na fronteira, para que elas não vejam. Que eles durmam enquanto as Bíblias chegam”, concluiu Nahid ao comentar que os iranianos costumam abrir os pacotes para ver o que há dentro.

Fonte: Guia-me com informações de MNN



Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais