Missionários são sequestrados por milícia russa na Ucrânia e ministério pede oração


Missionários da Orphan's Promise
Missionários da Orphan’s Promise

Missionários do ministério Orphan’s Promise foram sequestrados por uma milícia russa em Berdyansk, na Ucrânia.

Dez cristãos, incluindo os trabalhadores humanitários, um motorista e um casal de idosos, que são pais de um pastor local, foram raptados, enquanto ajudavam a evacuar os moradores da cidade portuária, ocupada pelos russos.

“Por favor, ore por nossa equipe de Berdyansk. Esses grupos de milícias são conhecidos por sua crueldade, especialmente com os voluntários que ajudam os ucranianos. Por favor, ore pela proteção de Deus sobre eles e por sua ajuda em sua libertação”, declarou Nataliya Khomyak, diretora da Orphan’s Promise.

Segundo o fundador da organização, Terry Meeuwsen, ainda não se tem nenhuma informação sobre o paradeiro dos missionários.

“Não temos ideia de onde estão. Não sabemos se estão vivos. Não sabemos se estão sendo cuidados. Nós simplesmente não temos ideia. E ser bem tratado não tem sido a resposta tradicional dos russos”, afirmou ele.

O ministério americano, que cuida de órfãos na Ucrânia, possui um centro e uma casa em Berdyansk.

Antes de serem raptados, os trabalhadores já haviam evacuado todas as crianças para outro país, em segurança.

Logo após, a equipe humanitária decidiu continuar no país para servir os ucranianos que permaneceram na cidade, distribuindo alimentos e ajudando de outras formas.

Terry relatou que os órfãos quase não sobreviveram durante a fuga da Ucrânia, ao serem parados por militares russos.

“Eles fizeram o motorista sair e se ajoelhar no chão ao lado do carro. Havia três caras russos. Dois deles discutiram pelo celular dele (do motorista). E o terceiro disse para a equipe: ‘Levante-se, entre no seu carro e saia daqui’”, contou o fundador.

E acrescentou: “Não é seguro lá e ainda assim tivemos muitos voluntários e funcionários que ficaram para ajudar as pessoas”.

É a segunda vez que as tropas russas sequestram trabalhadores humanitários da Orphan’s Promise, desde o início da ocupação da Ucrânia.

Em fevereiro, uma missionária, chamada Valentina, foi raptada dentro de uma igreja na região de Mariupol, onde ela morava e estava ajudando a distribuir alimentos para ucranianos em abrigos antiaéreos.

De acordo com a CBN News, uma mulher que conhecia Valentina a entregou para as tropas russas, contando que ela estava ajudando os refugiados. Desde o sequestro, não há informações sobre o paradeiro da missionária.

O ministério Orphan’s Promise, da rede de mídia cristã CBN (The Christian Broadcasting Network), tem ajudado milhares de pessoas na Ucrânia há anos, principalmente os órfãos, e permanece no país mesmo em meio a guerra.

Fonte: Guia-me com informações de CBN News



Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais