Pastor David Miranda Neto reage a proibições da Igreja Deus é Amor


Pastor David Miranda Neto, da Igreja Deus é Amor
Pastor David Miranda Neto, da Igreja Deus é Amor

Na noite desta segunda-feira (25), o pastor David Miranda Neto se manifestou em relação a um pronunciamento da diretoria da Igreja Pentecostal Deus é Amor (IPDA).

Em uma live que durou 1 hora e 14 minutos, ele falou sobre o posicionamento da diretoria em reforçar a origem da IPDA, que proíbe mulheres de cortarem o cabelo, usar calça comprida, fazer a sobrancelha e outros costumes.

– Eu queria trazer alguns esclarecimentos. Toda a repercussão que o pronunciamento da diretoria deu no meio da nossa igreja. Eu, inicialmente, quando ouvi, não ia comentar nada. Mas diante de tudo o que eu ouvi nos últimos dias, (…) eu senti que precisava me posicionar. (…) Eu espero que consiga trazer alguns esclarecimentos. (…) Antes de mais nada, estou aqui porque quero trazer clareza. (…) Vamos ter calma. (…) As pessoas que querem ver o circo pegar fogo; não verão! – iniciou.

Em seguida, ele explicou quem é. Ele disse que não é contra bons costumes e rebateu narrativas de que estaria derrubando o que seu avô construiu.

– Minhas questão sempre foi o foco excessivo nos usos e costumes. (…) Existe uma diferença entre usos e costumes e doutrina. (…) Todo mundo que traz inovação acaba sendo criticado. Eu não estou destruindo. Eu estou buscando dar continuidade, trazer as melhorias que esse legado tão grande que o missionário David Miranda, meu avô, nos deixou. Trazer melhorias e trazer esse legado para o século 21, é isso que estou buscando. (…) Eu nunca disse isso [que agora está tudo liberado]. A única coisa que estou simplesmente apontando alguns exageros que eu enxergo na nossa igreja – declarou.

Ele deu declarações a respeito de sensualidade e salto alto.

– A Bíblia fala sim contra a sensualidade. (…) Agora, o que é ser sensual? Agora, não podemos confundir isso. (…) Já vi uma época em que nossa igreja media o salto das mulheres para entrar na santa ceia e isso é uma tristeza, porque isso é algo que a Bíblia não fala. Mas ela [a Bíblia] fala sobre sensualidade, então a gente tem que ter bom senso e saber orientar nossos membros para que a gente não coloque fardos pesados. Eu queria falar um pouco sobre a lascívia, porque muito se fala sobre a vestimenta da mulher, mas pouco se fala sobre o papel dos homens. Por exemplo, meu avô falava que praia é pecado. (…) Jesus falou, no Sermão do Monte, o sermão mais importante que Jesus deu, em Mateus 5: 28-27: “Ouvistes o que foi dito: ‘não adulterarás’. Eu, porém, vos digo: qualquer que olhar para uma mulher com intenção impura no coração já adulterou com ela”. Então, quantas pessoas nós temos, não necessariamente em praia, mas em qualquer lugar, olhando para o corpo da mulher e desejando ela de uma forma impura, de uma forma imoral. Isso é pecado. (…) A responsabilidade não está apenas na mulher (…). A Bíblia fala também contra os olhos pecadores dos homens. Então, os homens precisam também fugir do pecado. Isso é doutrina, se a Bíblia fala, eu sou a favor – disse.

David prosseguiu citando a Bíblia para comentar outras questões, como o uso de barba.

– Se barba não é pecado, minha pergunta é: Por que nós proibimos? Quantas pessoas nós já não perdemos porque querem usar barba e não podem? Acho que é momento de a gente remover algo que sempre foi tido como pecado na nossa igreja por mais que nossa diretoria se posicionou que não é – questionou.

Entenda o caso

Na última quinta-feira (21), a Igreja Pentecostal Deus é Amor (IPDA) fez um pronunciamento a respeito de suas doutrinas. O vídeo reuniu toda a diretoria da instituição e foi publicado no YouTube.

Logo no início, houve um esclarecimento de que o objetivo não era ofender ninguém, e sim declarar um posicionamento diante de questões que têm causado atrito entre membros e diretoria.

A reunião contou com a presença da presidente da igreja, irmã Ereni Miranda, esposa do fundador da IPDA, David Miranda. Foi anunciado que mulheres não devem cortar muito o cabelo, salvo se estiver abaixo da cintura para “não pesar”. Também ficou esclarecida a proibição de calças compridas e apertadas, maquiagem, salto alto, entre outros costumes.

O pronunciamento durou quase 50 minutos. Irmã Ereni defendeu o uso de uma moda elegante, clássica e que agrada a Deus tanto para homens quanto para mulheres. Ela reforçou que, em caso de dúvida, qualquer membro pode procurar a diretoria.

Clique aqui para assistir ao pronunciamento da diretoria da igreja.

Abaixo, assista ao pronunciamento do pastor David Miranda Neto.

Folha Gospel com informações de Pleno.News e Fuxico Gospel



Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais