Rebeldes incendeiam clínica cristã na África


Cristãos na frente de uma igreja no Congo
Cristãos na frente de uma igreja no Congo

No dia 7 de julho, as Forças Democráticas Aliadas (ADF, da sigla em inglês) atacaram uma clínica na República Democrática do Congo. A instituição era dirigida pela igreja CECA20 (Evangelical Community in Central Africa) e foi incendiada com pacientes dentro, em Lume, Norte do estado de Kivu.

Segundo parceiros locais, o ataque começou por volta das 22h40. Kasereka Ise Mighambo, prefeito de Lume, confirmou o ataque e relatou que os pacientes que estavam dentro da clínica morreram queimados.

Uma enfermeira local disse que o Ministério da Saúde registrou 13 mortes no ataque, já o porta-voz do exército congolês, capitão Antony Mualushayi, relatou a perda de nove vidas, incluindo três crianças. A clínica da igreja CECA oferecia pronto-atendimento para cristãos nas áreas rurais. Não ficou claro quantos pacientes eram cristãos e qual o total de mortes na clínica.

As Forças Democráticas Aliadas têm atacado sistematicamente e enfraquecido as igrejas cristãs no Leste do país como parte do projeto da expansão islâmica. Parceiros locais compartilharam quão desgastante têm sido os ataques recorrentes e violentos no Leste da República Democrática do Congo. Em junho, por exemplo, um treinamento foi interrompido por tiroteios dos extremistas.

Em 2021, a República Democrático do Congo e Uganda lançaram uma ofensiva contra as ADF, mas a violência contra civis permanece imbatível. Tentando evitar os ataques desenfreados, muitas pessoas fogem e deixam tudo para trás buscando segurança.

Ajuda para quem mais precisa 

Nos ataques, os cristãos perseguidos muitas vezes perdem casa, alimentação e Bíblias e não têm com quem contar. Sua doação ajuda a socorrer os irmãos na fé nas necessidades mais urgentes.  

Fonte: Portas Abertas



Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais