The Chosen é o projeto com financiamento coletivo de maior sucesso da história


Jesus, interpretado pelo ator Jonathan Roumie, faz um sermão para milhares de seguidores no final da 2ª temporada de “The Chosen”.
Jesus, interpretado pelo ator Jonathan Roumie, faz um sermão para milhares de seguidores no final da 2ª temporada de “The Chosen”.

Recentemente, o fenômeno baseado na Bíblia alcançou um novo público esta semana, ao ser citado no podcast mais popular dos EUA – The Joe Rogan Experience.

Cada episódio do podcast de Rogan é transmitido para cerca de 11 milhões de pessoas.

Convidado pelo apresentador Joe Rogan, o comediante e cristão Nate Bargatze comentou sobre o sucesso do The Chosen, enquanto falavam sobre o futuro do entretenimento.

“Há um show chamado The Chosen, você ouviu falar?”, perguntou Bargatz.

Quando Rogan respondeu que não conhecia, Bargatz falou do sucesso de milhões em audiência que a série, que conta a história de Jesus e seus discípulos, tem alcançado. Até o momento, foi transmitida em todo o mundo mais de 400 milhões de vezes.

The Chosen – que é financiada por crowdfunding – tem sido bem-sucedida sem o apoio de nenhum estúdio de Hollywood, disse Bargatze.

Atualmente em produção para sua terceira temporada, The Chosen criou seu próprio aplicativo, facilitando o acesso para a atração bíblica.

Bargatzke, que contou ter conhecido os produtores da série, elogiou a produção e o aplicativo: “Já teve milhões e milhões de visualizações”.

“Eles deixaram todos os anúncios por trás disso”, disse sobre a estratégia de divulgação. “É muito boca a boca.”

The Chosen é o projeto de entretenimento com financiamento coletivo de maior sucesso da história. Aproximadamente US$ 10 milhões foram arrecadados para a 1ª temporada e US$ 12 milhões para a 2ª temporada.

“Isso é louco”, disse Rogan, referindo-se à popularidade da série sem apoio de um estúdio. “Você acha que isso representa uma oportunidade para alguém fazer isso com qualquer tipo de filme – ou você acha que isso fala da falta de representação de filmes cristãos?”.

Bargatze disse que o tema cristão da série ajuda sua popularidade, mas supôs que poderia ser duplicado em outros lugares, disse, acrescentando que filmagens são muito caras.

Fonte: Guia-me com informações de Christian Headlines

SIGA O FOLHAGOSPEL NO INSTAGRAM: @FOLHAGOSPEL



Loading...

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Leia Mais